quinta-feira, 9 de abril de 2009

BALADA PARA UM PISTOLEIRO

Elenco: Anthony Ghidra, Angelo Infanti, Alfio Catalbiano, Mario Novell, Dante Maggio, Monica Teuber, Ivan Scratuglia, Direção de Alfio Catalbiano, Ano: 1967


O ator da Jugoslávia Dragomir 'Gidra Bojanic mais conhecido como Anthony Ghidra atuou em 5 Spaghetti westerns entre eles está Tequila Joe ( 1968, dísponivel em VHS) e Django o Ultimo Matador (1967, díspoinivel em DVD) este é um bom filme sobre pistoleiros com algums defeitos qu não alteram o resutado final.
A trama da inicio quando Bedoja (Alfio Caltabiano) assalta uma diligêcia como parte de um plano pra assaltar um banco, todos os passageiros são mortos, Blackie (Angelo Ifanti) é um caçador de reconpensa e está atras de Martinez ( Ivan Scatruglia) e seus comparsas, eis que Lucas (Ghidra) um habilidoso pistoleiro também está atras do mesmo homem, durante o jogo de poker tres capangas de Martinez tentam mata-lo, em uma das melhores cenas de ação do filme Lucas se joga no chão, mata os capangas e fere Martinez, lucas pergunta sobre Bedoja e fica sabendo do assalto e vai atras de Bedoja, mas não sera nada facil pois Bedoja sempre muda de lugar e Blackie insiste em acompanha-lo, Lucas quer pega-lo por motivos pessoais e não vai descansar enquanto não pega-lo.
um dos melhores Spaghetti westerns ja feitos na febre do gênero, ja vou comecar falando das cenas de ação, são ótimas e bastante criativas quando Lucas mata tres capangas de Bedoja em uma casa onde os bandidos estavam hospedados, a música de Marcello Giombini é ótima por sinal, a direção de Aldo caltabiano (também roteirista e interpreta o vilão) é boa e não repete com exaustão o estilo de Leone mas vemos inspirações, o filme é uma referência a Por um Punhado de Dólares (1964) e Por uns Dólares a mais (1965) um ótimo elenco de atores liderados por Anthony Ghidra, o maior defeito do filme foi o personagem de Angelo Infanti, não sei porque não mata quase ninguém no filme (so matou um no começo do filme) ja que ele é um habilidos pistoleito e nunca fica expilcado se os personagens Lucas e Blackie são irmãos, porqu em determinadas partes do filme ficamos sabendo que Blackie teve seu irmão mais velho foi preso e Lucas foi preso porque foi traido pot Bedoja e no fim o 2 tem uma pistola de ouro em uma correntinha e detalhe que Lucas Diz: "o mesmo homem me deu isso, ele acreditava que eu era inocente" mas puxa não vemos o dois felizes e nem ao menos se abraçam apos o reencontro, acho que é pro espectador tirar sua proprias conclusões, mas como se está tudo jogado na cara do espectador? na minha opinião acho que Aldo Caltabiano ou deveria ter esquecido este detalhe ou dado um final que fizesse mas sentido para essa revelação, mas... o filme está dísponivel em Dvd pela OCEAN PICTURES.

3 comentários:

Roque disse...

Artur, vi nesta noite passada Balada Para Um Pistoleiro, e gostei pra caramba. Lucas e Black são mesmo irmãos, porque Lucas diz para Black: "Tivemos o mesmo professor", a respeito de serem bons atiradores. Gosto muito de filmes, especialmente terror, suspense, guerra, épicos, bangue-bangue americano e espaguete. Se quiser, me escreva. Abraço, Roque Barros. rpbiazonebarros@hotmail.com

Pedro Pereira disse...

Ainda não tinha visto este teu post. Penso que é mais um belo filme que mostra como se pode fazer bom cinema com pouco dinheiro. Não o recomendaria a iniciantes no spaghetti mas os conhecedores não ficarão defraudados.

A critica no Por um punhado de euros fica aí:

http://por-um-punhado-de-euros.blogspot.com/2009/10/ballata-per-un-pistolero-1967.html

Anônimo disse...

Muito ótimo esse spaghetti western, com muita violência nua e crua e ótimas paisagens. o própio diretor Alfio Caltabiano deu um show de interpretação.